terça-feira, 10 de maio de 2011

Sabe, hoje ao esbarrar em você depois desse longo período onde eu  supria sua falta me enterrando de cabeça no serviço e em algumas outras atividades ,fiquei me perguntando se você era aquilo que eu estava  vendo em você ou apenas aquilo que eu imagina existir em você, eu queria saber se a paixão me cegou e não te enxergava assim quando estávamos frente a frente , será que você não era apenas uma ilusão daquilo que eu dizia sentir, e até quando eu conseguiria ver em você todas essas belezas que me encantavam .
Mas hoje ao esbarrar em você naquela fração de segundo que nos olhamos para se desculpar,onde nos reconhecemos um no outro,talvez  eu nem fosse mais sua conhecida,talvez eu nem fosse mais quem você pensou esbarrar... mas te reconheci de físico ,mas não de personalidade, e pensei no amor que não existe mais, foi só o que consegui ver um estranho,alguém que falava uma lingua diferente da minha,e pensei que praticar o desapego é mais fácil do que eu imaginei..

Um comentário:

Monica™ disse...

Será q é fácil mesmo amiga ? Talvez o apego nem era tão grande assim como vc imaginava rsrs. Beijo.