quarta-feira, 17 de junho de 2009




Estive pensando,
aproveitei uma pequena folga pra analisar alguns fatos e descobri que:





Amo a vida,a minha em particular, ainda que as vezes corrida,maluca,incompleta ,doída...

A vida que de tão meiga e doce chega a grudar! Meu carisma e respeito pelo próximo,minha família,meus amigos,meus concietos viram melado daqueles que escorrem e grudam na mão ,mostrando que não é tão fácil assim dissolver essas relações..

Carrego minhas glórias e erros por dentro,no intimo,mas as vezes me escapa ,no olhar e na fala,e ainda que na confusão do peito,as vezes eu não saiba diferenciar ou classificar.

Sinto a vida roçar por inteiro,formigar,querendo pela superfície transbordar, não só no pensamento se movimentar.

E mesmo que as vezes anestesiada pela emoção,esse pulsar vital se encarrega de penetrar,de me invadir, seja lá por onde,seja la como for,de me rasgar até aquilo que nem eu mesmo conheço!

Dizem que tudo passa nessa vida,que tudo vira poeira,umas se vão com o vento ,outras guardamos na ampulheta da memoria...Mas algumas coisas simplesmente são... sempre,constante,presente!Cabendo-nos apenas aceitar,não necessariamente entender.

Perdi muito,perambulei pelas interrogações,ainda que soubesse exatamente o lugar de cada coisa,de algumas respostas .

Só que ganhei também,mesmo que as vezes não fosse a intenção.E nesse ciclo perfeito a vida chega a me emocionar, a me conquistar,seduzir, me ensinar,como é perfeito o milagre da vida,de poder respirar, levantar todas as manhã e possuir o desafio de viver mais um dia,e quantas e quantas vezes não sei que hora esse novo dia,essa nova fração da historia da minha vida que rumo vai tomar,em encruzilhada do destino vai passar...mesmo que já tenha programado,pois certas situações não tem programação,nem como evitar...

Nessa minha vida nem sempre meus olhos estarão secos,mas sei quando não estiverem saberei o que transbordar...

Um comentário:

Monica™ disse...

Mais do q lamentar o q não se tem é valorizar o q temos. Coisas simples e corriqueiras como respirar ou comer um brigadeiro são essenciais. Beijos.